Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Empresário diz que fizeram empréstimo de R$ 20 mil no nome dele e zeraram a conta minutos depois com o golpe do PIX - Luziânia

Empresário diz que fizeram empréstimo de R$ 20 mil no nome dele e zeraram a conta minutos depois com o golpe do PIX

Um empresário de 37 anos de Rio Verde, no sudoeste de Goiás, que preferiu não se identificar, denunciou à Polícia Civil que perdeu R$ 22,6 mil no golpe do PIX, na terça-feira (25). Segundo ele, os estelionatários transferiram R$ 2.650 que estavam na conta corrente. Em seguida, fizeram uma empréstimo no valor de R$ 20 mil no nome dele e, logo após o dinheiro cair, retiraram.

“Ninguém me ligou nem mandou mensagem SMS se passando por terceiro ou funcionário de banco. De repente, recebi uma mensagem sobre a transferência dos R$ 2,6 mil e fiquei assustado. Não sei como entraram na minha conta”, explica o empresário.

Em menos de cinco minutos, enquanto procurava entender o que tinha acontecido, ele recebeu mais duas mensagens sobre procedimentos PIX, que realiza transferências e pagamentos de forma digital.

“Uma mensagem falava que eu tinha feito um empréstimo de R$ 20 mil. Logo em seguida, chegou a terceira confirmando o PIX dos R$ 20 mil. Eu vi nos extratos que transferiram para dois homens diferentes, que não sei quem são”, disse.

Agora, o empresário espera o banco e a polícia investigarem como conseguiram entrar na conta dele, fazer empréstimo e as transferências. “O gerente do meu banco disse que não tem a mínima ideia de como fizeram isso. Que os hackers estão ficando melhores ultimamente, mas que vão investigar também”, desabafa.

Vítimas em Rio Verde

O delegado Danilo Fabiano Carvalho investiga outros oito casos semelhantes. O empresário é a nona vítima a procurar a polícia nos últimos 10 dias. Uma professora conta que teve todo o salário e o limite da conta furtados.

Um fazendeiro relatou à polícia que perdeu R$ 15 mil. Já um autônomo esteve na delegacia para registrar ocorrência sobre um prejuízo de R$ 27 mil.

Segundo Danilo Fabiano, ao todo, os moradores que procuraram a delegacia já amargam prejuízos de R$ 150 mil. “Sempre aconselhamos as pessoas a não passarem informações pessoais, principalmente bancárias, por telefone ou mensagem de celular”, orienta.

Golpe em Luziânia

Já em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal, a servidora pública Viviane Honorato, de 30 anos, denuncia que o saldo da conta dela passou de R$ 65 mil para R$ 0,58, após ser vítima do mesmo golpe. A mulher não imagina como o crime aconteceu.

“A gente fica apreensiva, não sabe como eles estão fazendo esses golpes, eu estava com planos de comprar uma casa e preciso ser ressarcida”, diz a mulher.

A servidora relata que deu falta do dinheiro no último dia 18 de maio. Ao conferir o extrato, ela diz que viu mais de 13 transações com nomes de pessoas diferentes e desconhecidas, entre transferências e boletos.

Fonte: G1

Deixe seu comentário:

CURTA NOSSA PÁGINA

SUA MENSAGEM

© Direitos reservados Luziânia FM - A rádio que faz parte do seu dia!