Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Aumento na passagem de ônibus ‘se mostra necessário’, diz Ibaneis - LUZIÂNIA

Fale conosco via Whatsapp: +55 61 9 9404-1302

No comando: Madrugada 98

Das 00:00 às 04:00

No comando: Madrugada Luziânia

Das 00:00 às 07:00

No comando: Fatos em Foco

Das 06:00 às 07:00

No comando: Santa Missa

Das 07:00 às 08:00

No comando: Fala Povo Fala Cidade

Das 07:00 às 08:00

No comando: A Cidade em Destaque

Das 08:00 às 12:00

No comando: Bom Dia Cidade

Das 08:00 às 12:00

No comando: Tempero Nordestino

Das 12:00 às 16:00

No comando: A Tarde é Show

Das 12:00 às 16:00

No comando: A Tarde é Show

Das 12:00 às 16:00

No comando: Pediu Tocou

Das 16:00 às 17:00

No comando: Festa da Lú

Das 16:00 às 19:00

No comando: Festa da Lú

Das 16:00 às 19:00

No comando: Clássicos Sertanejos

Das 17:00 às 19:00

No comando: Estúdio 98

Das 19:00 às 20:00

No comando: Voz do Brasil

Das 19:00 às 20:00

No comando: Vitrine Sertaneja

Das 20:00 às 00:00

No comando: Estação 98

Das 21:00 às 00:00

No comando: Clássicos Sertanejos

Das 04:00 às 06:00

No comando: Top 98

Das 20:00 às 21:00

Aumento na passagem de ônibus ‘se mostra necessário’, diz Ibaneis

O governador Ibaneis Rocha (MDB) afirmou que o aumento na passagem de ônibus “se mostra necessário”. Conforme adiantou a coluna Eixo Capital desta quinta-feira, o GDF estuda um reajuste na tarifa para valer ainda em janeiro deste ano. De acordo com o emedebista, a mudança deve sair logo.

“Pelos estudos realizados e levando em conta o reajuste da tarifa técnica esse reajuste se mostra necessário para melhorar as contas e manter o sistema em pleno funcionamento”, destacou o governador.

O tema foi debatido pelo Conselho de Mobilidade na quarta-feira. O secretário de Transporte e Mobilidade, Valter Casimiro, afirmou à rádio CBN que o reajuste pode ser de 10%. No entanto, ainda há estudos técnicos para definir o percentual exato. A decisão final deve ser tomada em conjunto com o Conselho e a Secretaria de Economia.

Segundo o governador, a Semob está fechando os estudos com orientação para que “seja o menor percentual possível”.

Em nota, a Secretaria de Transporte e Mobilidade informou que “estuda reajustar a tarifa devido ao aumento da inflação de aproximadamente 16, 20%. Dessa forma, a pasta propõe uma nova tarifa-usuário visando a melhoria e a sustentabilidade econômica do STPC que permita o perfeito funcionamento do transporte coletivo da capital federal”.

Reajustes anteriores na passagem

O reajuste mais recente ocorreu em 2017, no governo de Rodrigo Rollemberg (PSB). À época, as linhas circulares internas passaram de R$ 2,25 para R$ 2,50; as de ligação curta foram de R$ 3 para R$ 3,50; e as viagens de longa distância e integração subiram de R$ 4 para R$ 5. No governo de Rollemberg, os valores também aumentaram em 2015.

Fonte: CB

Deixe seu comentário:

Nossa Página